Ano Velho – Ano Novo: a Mutação, sempre!

tempoO ano Bing Shen (Macaco de Fogo) está quase chegando a seu final. Tem sido um período de tempo difícil, estressante, desgastante, em que desperdiçámos a oportunidade de exercitar mais frequentemente a prática da aceitação, da benevolência e da conciliação que a natureza energética do ano nos ofereceu…

Nas vésperas da virada para o corrente ano consultámos o oráculo do I Ching Flor de Ameixeira para saber qual seria o hexagrama regente para o Brasil no período 2016-2017 – Ano Bing Shen. A consulta nos indicou que o hexagrama regente para o período seria o hexagrama Morder, intimamente relacionado à aplicação de sentença, no sentido de estabelecer uma reforma, e que a tendência que se apresentava diante desta realidade seria simbolizado pelo hexagrama Discordância.

Recentemente me deparei com um pequeno texto de Lu Tsu, Mestre Taoista da época da dinastia T’ang (618-905 d.C.) que me pareceu resumir o estado de espírito que, a meu ver, caracterizou o ano:

“A Versada Ignorância”

“Na ausência de compreensão, toda a sorte de argumentos diferentes, opiniões e teorias surgem, resultando em diferentes escolas e seitas, cada uma sustentando um ponto de vista e repudiando outros. Teimosamente agarrados às suas teorias, elas atacam umas às outras; cada uma sustentando o seu ponto de vista, elas argumentam e asseveram as suas próprias doutrinas. Elas todas querem ser protetoras do Caminho, mas, embora não o digam, elas vão aos extremos.

A mente que compreende o Caminho é inteiramente imparcial e verdadeira. Porém devido ao fato de a tradição taoista vir de tão longe, regenerações pessoais floresceram. As pessoas atacam umas às outras e estabelecem facções de adeptos. Eles chamam a si mesmos de guardiões do Caminho, no entanto estão realmente nele por sua própria determinação. Quando olhares para as suas motivações, verificarás que todos estão do lado de fora. Pessoas como essas são pragas no confucionismo, bandidas no taoismo, desordeiras no budismo. Estão todas confusas e obcecadas.”                                                                   (in, O Espírito do Tao, Ed. Rocco)

Brevemente voltaremos a consultar o oráculo do I Ching Flor de Ameixeira para nos debruçarmos sobre o que virá por aí no próximo Ano Ding You – Galo de Fogo. Que sejam boas novas!

Maria João Bastos

Anúncios

2 ideias sobre “Ano Velho – Ano Novo: a Mutação, sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s