Arquivo da tag: Fitoterápicos

Conhecendo a Fitoterapia Chinesa

A base

Os antigos médicos tradicionais denominaram de Virtudes as propriedades e funções dos fitoterápicos. Essas Virtudes são organizadas em Natureza, Sabor, local de ação, sentido de ação e toxidade. A soma dessas características representa a virtude de um medicamento, e utiliza como fundamento Yin/Yang, Órgãos internos, Meridianos e Princípios terapêuticos.

Quanto à Natureza um medicamento pode ser Frio, Quente, Morno e Fresco.

Frios são os de natureza muito Yin, logo fortemente refrigerantes, enquanto que os de natureza Fresca são moderadamente Yin. São usados para tratar Síndromes de Calor pois reduzem ou eliminam calor.

Quentes são os de natureza muito Yang, logo aquecem fortemente e os Mornos são moderadamente Yin. Usados em Síndromes de Frio, aquecendo o Zhong Jiao ( Aquecedor médio).

Os de Natureza Neutra possuem equilíbrio entre Yin e Yang.

Os Sabores são cinco, relacionados aos cinco movimentos: Picante, Salgado, Azedo, Amargo e Doce. Esses cinco sabores possuem ação sobre os Meridianos e seus órgãos, controlam o Qi do órgão específico e nutrem sua essência.

O sabor Picante tem ação dispersante e atua no Pulmão, movimento Metal. São sudorificos e direcionam o fluxo de Qi para a pele, abrindo os poros. Nessa categoria temos vários temperos, como o gengibre por exemplo.

O sabor Salgado tem ação ascendente e atua no Rim, Movimento Água, mobilizando o Qi para cima e possuem um efeito tônico.

O sabor Azedo ou Ácido tem ação harmonizante e atua no Fígado, Movimento Madeira. Elimina a toxidade, promove o fluxo de Qi.

O sabor Amargo tem ação centrípeta e atua no Coração, Movimento Fogo, acalma o coração e tranquiliza o Shen, suplemento o Yin, estabiliza o sangue e evita a rebelião do Qi.

O sabor Doce tem ação suavizante e tonificante e atua no Baço, Movimento Terra. Suaviza o fluxo do Qi.

Na prática existem também os sabores Sutil, Evidente e Aromático.

Outra Virtude, além da Natureza e do Sabor, é o Local de ação de cada medicamento. Diz respeito à relação com os Meridianos e ajuda na prática clínica, mas não deve ser considerado isoladamente pois medicamentos que atuam no mesmo Meridiano possuem diferente funções, tais como aquecer, esfriar e assim por diante.

A quarta Virtude diz respeito ao Sentido de ação, que são: subir, descer, superficialidade e aprofundar. Esses efeitos podem corrigir as alterações, conduzir a evolução e eliminar as causas das doenças.

Os que podem causar diarréia também podem eliminar o Calor, promover a diurese pode eliminar a Umidade. O Frio pode ser dispersado por medicamentos que fazem subir o Yang. E assim por diante.Esses sentidos de ação estão relacionados com Natureza e Sabor. Os que fazem subir e superficializar geralmente são os de Sabor picante ou doce e Natureza morna ou quente. Os que fazem descer e aprofundar têm Sabor azedo, amargo ou salgado e Natureza fria ou fresca. E a maneira de processar as formulações também influenciam esses Sentidos de ação.

A Natureza tóxica de um medicamento é um conceito relativo, pois vai depender da forma de processamento, da combinação adequada, do correto modo de preparação e dosagem. Mas os medicamentos tóxicos geralmente possuem efeitos terapêuticos mais intensos, sendo a própria toxidade a razão de seu efeito terapêutico. O reconhecimento da doença, seja Deficiência ou Excesso, e sua localização Superficial ou Profunda, é de sua importância, além do método de processamento e combinação de ervas.

Marta Hentzy