Tu Na Qi Gong, Respirando…

respiração

Para falar sobre Qi Gong é inevitável falar sobre Movimentos, Meditação e Respiração, pois ele consiste nisso tudo e mais além. Tu Na Qi Gong, onde Tu significa expirar e Na significa inspirar. A Respiração está vinculada ao Pulmão,  Elemento Metal e, segundo o Pensamento Chinês sede de Po, nossa Alma Corpórea.

Pulmão, orgão sede de nossas trocas com o ar que nos cerca, primeiro orgão a ser usado quando viemos ao mundo e sede do nosso “ultimo suspiro”. A Respiração é nossa primeira fonte de energia, respiramos desde o momento em que nascemos, mas ela acaba se tornando um ato involuntário e inconsciente, apesar de que a maneira como a executamos pode determinar de certo modo o nosso estado de saúde.

Este Qi Gong trata-se apenas de exercicios respiratórios, trabalhando principalmente com os movimentos do diafragma e com a musculatura abdominal. Sentado na cama ou no chão com as pernas esticadas, ou em uma cadeira, com o tronco sempre ereto. Coloque as mãos no abdomen, com uma leve pressão, expirando vá inclinando o corpo para frente até um angulo de 45 graus.Depois inspire enchendo primeiro o diafragma e depois dilatando um pouco o abdomen enquanto inclina o corpo a 45 graus para trás e apoiando o corpo com as mãos ao lado do quadril, caso sente no chão. Se precisar tonificar sua energia repita várias vezes em número impares de vezes. Se precisar sedar e acalmar repita poucas vezes em números pares de vezes.

Faça com calma, não se critique se surgirem dificuldades.

Mas o importante é : faça contato com sua respiração. Perceba que no final da inspiração e no final da expiração existe uma pausa. Em que momento de sua respiração você se sente mais confortável? Em que região do corpo você está respirando melhor?Como está sua respiração? Calma e profunda? Curta e rápida? Tensa? Fluindo? Superficial? Ela vai sinalizar como está sua troca, consigo mesmo e com o mundo ao redor. Ela ajuda a restabelecer o equilibrio emocional. Muitos se perguntam qual a melhor maneira de respirar, afinal, existem tantas técnicas…

A melhor maneira é a sua, quando está bem consigo mesmo, consciente de si e de seu momento. No mais são técnicas que ajudam. Descubra a sua.

Marta Hentzy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s